Semana 21 – Quantos jogos acontecem ao mesmo tempo no jogo em que te envolves? Os dez jogos dos jogadores dentro do campo, mais os dez dos jogadores que estão no banco. Mas também os jogos dos dois treinadores e restantes elementos equipa técnica, para além dos jogos dos árbitros em campo. Mas há mais. Cada um desses elementos traz consigo os jogos que imaginam, as sensações que acumularam de jogos passados, transformando-se em maior ou menor intensidade na ânsia de um novo jogo. Quase toda os elementos já viveram o jogo antes dele começar. Então, o que fazemos quando a bola vai, finalmente, ao ar?

coach arguesConseguir estar dentro do jogo que nos aparece em frente dos olhos é um desafio enorme para qualquer atleta ou treinador. Entender as vantagens que temos, ler as causas e consequências de cada ação, compreender como as ultrapassar, apreender como as inserir na nossa ação futura, tudo isso são circunstâncias que têm que ser dominadas por quem joga e por quem treina. Falhar aqui é falhar na exata dimensão que o jogo nos propõe, até porque ele próprio é um exercício que nos desafia e nos empurra para falhar.

Chegar até ao ponto em que nos dominamos para conseguir ser, de corpo e mente inteiros, parte desse jogo que acontece, é um processo de experiências acumuladas, analisadas e testadas constantemente. Por isso mesmo não podemos ser o jogador que joga sempre igual, tal como não podemos ser o treinador que se mantém sempre no mesmo comprimento de onda. Ao jogador é fundamental a capacidade de tomar a melhor decisão em cada momento, como ao treinador cabe estar presente em todas as ações do jogo que podem fazer do jogador render mais e melhor.

Essa aprendizagem é uma constante, seja perante uma equipa de formação, seja perante uma equipa sénior.

Amanhã há treino!

Anúncios