BierhoffO Estádio de Wembley não viu a Inglaterra jogar a final do Euro 1996, depois destes terem perdido para a Alemanha nas meias-finais, depois de uma série de grandes penalidades. Por isso é bem provável que muitos dos britânicos estivessem do lado da República Checa, uma finalista surpreendente, onde Poborsky, Nedved e Berger repartiam protagonismo.

Foi, aliás, Patrick Berger quem colocou a equipa checa em vantagem, através de grande penalidade, aos 59 minutos, mas aquele era o dia de Oliver Bierhoff, avançado pouco utilizado pelos germânicos, mas lançado para tentar mexer com o encontro. E mexeu.

Menos de dez minutos depois de entrar em jogo, marcava o golo do empate que levou o encontro para prolongamento. E foi aos 95 que foi também o autor de um golo de ouro que deu o título europeu à Alemanha. Bierhoff tornou-se assim herói de um país onde nunca vingou no futebol de clubes. Saiu, muito novo, para jogar na Áustria e foi na Itália que fez grande parte da sua carreira.

Em 96, Bierhoff foi de ouro.

Anúncios