Na edição de 14 de abril do jornal O Jogo, Luís Cristóvão analisa as bolas paradas de Benfica e FC Porto, apontando-as como potencial momento decisor do encontro.

Um quinto dos golos de Benfica e FC Porto são marcados a partir de situações de bola parada. No clássico de sábado, a probabilidade de o jogo se decidir num destes lances é alta.

A importância das bolas paradas como um dos momentos do jogo já é um dado adquirido. Resta saber se, no clássico de sábado, será num destes lances que se encontrará o vencedor.

Anúncios