Olhando para os dados, jogo a jogo, da última década de confrontos entre Benfica e Porto, a tendência de domínio é claramente azul e branca. Os portistas venceram 9 dos 20 encontros disputados, para apenas 3 vitórias dos encarnados, dominando também a quase toda a linha nos remates, ataques e posses de bola. E, no entanto, o número de títulos dividiu-se em cinco para cada lado.

No Jornal O Jogo de domingo, 7 de outubro de 2018, o rescaldo estatístico da última década de clássicos, com destaque para o duelo mais ofensivo da década, onde se estabeleceu o recorde de ações ofensivas para o FC Porto de Vítor Pereira, o domínio estabelecido dos azuis e brancos, a evolução tática das equipas com cada treinador e um entusiasmo que se resfria num clássico com cada vez menos golos.

 

Anúncios