Sob o título Esta cidade é suficientemente grande para os dois, o analista e comentador Luís Cristóvão lançou o Manchester City – Manchester United do passado domingo. Fala de uma luta de classes, uma luta ideológica e de uma rivalidade entre treinadores com abordagens diametralmente diferentes ao jogo.

Para ler no Tribuna Expresso.

Anúncios