A vida depois de Modric

O Grupo D deu uma cambalhota nesta terceira jornada, com Ante Cacic a conquistar, finalmente, a consideração merecida a um selecionador. Sem poder ter Luka Modric, o técnico optou por poupar ainda Vida, Strinic, Brozovic e Mandzukic, mudando parte da face do seu conjunto para enfrentar uma Espanha que, ao contrário das expetativas, se apresentou … Continue reading A vida depois de Modric

Os diferentes significados do adeus

A derradeira jornada do Grupo C tinha vários atrativos. A luta pelo primeiro lugar entre Alemanha e Polónia, a forma como a Irlanda do Norte iria defender o seu terceiro lugar, a Ucrânia preocupada com a sua honra perante um vizinho e rival. No final, a Alemanha acabou na frente do grupo, apenas com mais … Continue reading Os diferentes significados do adeus

O Euro a 24 em oito tweets.

Podemos dizer que alargar o Euro a 24 baixa o nível da prova. A mim parece-me que expõe mais a falta de qualidade de equipas ditas “boas". Há uma série de conjuntos que fazem melhores resultados quando não têm a responsabilidade de construir jogo. Neste Euro, são esses q sofrem. Por enquanto, já vimos que … Continue reading O Euro a 24 em oito tweets.

Os Príncipes de Gales

Fantástico final para o Grupo B, com o País de Gales a dominar a Rússia enquanto a Inglaterra chocava contra o muro eslovaco, terminando os galeses no primeiro lugar. É o mundo virado ao contrário, entre os britânicos, com os príncipes a transformar esta sua estreia num Europeu numa verdadeira odisseia. A atenção desviou-se cedo … Continue reading Os Príncipes de Gales

A gestão com emoções

Com a França apurada, mas a precisar de garantir o primeiro lugar e as restantes três equipas com esperanças de ainda entrarem no comboio dos apurados para os oitavos-de-final, a noite de domingo prometia emoções. E cumpriu. Enquanto a França se manteve no primeiro lugar graças a um zero a zero em jogo com várias … Continue reading A gestão com emoções

A revisão dos prognósticos (2ª jornada)

Tudo a acontecer muito rápido, depois de tanto à espera. Mas é assim mesmo que acontece neste Euro, onde já ultrapassámos duas jornadas e entramos hoje nos jogos de tudo ou nada. Definitivo adeus apenas para a Ucrânia, enquanto França, Espanha e Itália já têm garantidos os lugares nos oitavos. Estão assim na corrida vinte … Continue reading A revisão dos prognósticos (2ª jornada)

Um olhar sobre a tarde de sábado

Depois de não o ter feito em direto, um voltar atrás aos jogos da tarde deste sábado para deixar algumas notas sobre cada um deles. Sinais claro de vida na equipa da Bélgica e a capacidade dos húngaros continuarem a surpreender é o que fica destes jogos. Começando pelos belgas, quando se temia que a … Continue reading Um olhar sobre a tarde de sábado

Portugal no café

Hoje não consegui ver os jogos do Euro, por compromissos inadiáveis. Entre eles, a amizade e a companhia de amigos de longe. Mas a alguns minutos do jogo de Portugal, lá estávamos nós, no café, prontos para pedir o jantar e acompanhar o jogo da Seleção. Foi então do café que hoje vi o que … Continue reading Portugal no café

A alegoria da revolução

só passados alguns séculos o homem compreendeu que as promessas podem ser entregues vazias. uma caixa sem nada dentro. ainda assim, dão-lhe o mesmo nome, promessas. enfim, diz o homem para si mesmo, ainda me resta uma caixa. (daqui) Em 2016, alguns de nós já têm a revolução da análise do futebol por garantida. Já … Continue reading A alegoria da revolução

Mestre Andrés

Terá a Turquia tido algum tipo de esperanças depois do árbitro ter apitado para o início de jogo? Dizem os livros que toda a gente entra em campo para ganhar, e num contexto de alto rendimento, nem se deveria pensar o contrário. Mas os jogadores turcos, no seu íntimo, olhando para quem estava do lado … Continue reading Mestre Andrés