A culpa de todos

E da próxima vez que permitirmos que um base pare o drible antes de saber o que fazer com a bola, da próxima vez que deixarmos um poste meter drible depois de ganhar o ressalto porque lhe é mais confortável, da próxima vez que não pedirmos aos nossos jogadores para lerem o jogo antes de fazerem escolhas, da próxima vez que não lhes pedirmos para defender com intensidade alta durante toda a partida, da próxima vez que perante uma sucessão de erros de lançamento ignorarmos que algo está mal só porque ganhámos um jogo, da próxima vez que não formos exigentes com cada jogador e connosco próprios, lembrem-se que, um dia, isso nos pode custar um lugar na história. Quando todos temos uma pequena porção de culpa, encolher os ombros e culpar a sorte não nos vai servir de nada.

Luís Cristóvão

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.