E a Espanha levou tudo

Espanha 2012A 1 de julho de 2012, a Espanha marcava de forma espetacular o seu predomínio do futebol mundial, ao conjugar uma série de vitórias Euro – Mundial – Euro. O local: Estádio Olímpico de Kiev. O adversário: não se sabe bem ao certo se foi a Itália ou se foi a história. O resultado: fácil, demasiado fácil.

Cesare Prandelli, o técnico da Squadra Azzurra, tinha sido capaz de travar La Roja na fase de grupos, mas receou ser incapaz de fazê-lo na final e alterou os seus planos. A Espanha agradeceu. Num autêntico recital de futebol, David Silva marcou logo aos 14 minutos, com Jordi Alba a aumentar a vantagem ainda antes do intervalo.

Nos dez minutos finais, perante a incapacidade italiana de reduzir a desvantagem, a Espanha voltou a alcançar as redes de Buffon, com golos de Fernando Torres e Juan Mata. Escrevia-se história com letras de ouro espanhol, numa série épica de vitórias que, mesmo aos olhos dos mais otimistas dos sonhadores, parece quase impossível de repetir.

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.