Segundo jogo de Portugal no Europeu, primeira vitória. De sempre. Com o primeiro golo, de sempre, a ser marcado por Carolina Mendes. É ver o misto de felicidade e incredulidade na cara da camisola 18 da nossa selecção no momento dos festejos.

A Escócia, tendo um melhor ranking do que Portugal, também faz neste Europeu a sua estreia. Para além do mais, revela no seu jogo as mesmas características do futebol escocês masculino. Capacidade física, jogo directo, ansiedade. Portugal, muito mais tranquilo, buscou as características do jogo nacional. Resiliência defensiva, técnica na posse, profundidade das jogadoras mais adiantadas, sobretudo na velocidade de Diana Silva.

Mais do que isso, depois de marcar o primeiro golo numa fase do encontro em que não tinha criado situações para ter vantagem, depois de permitir o empate na segunda parte, demorou apenas quatro minutos para ver Ana Leite (bola em profundidade, velocidade, golo) devolver Portugal à liderança.

Assim se faz história. Portugal está de parabéns e, depois de uma derrota frente a uma superior Espanha, cumpriu o objectivo de somar a primeira vitória. As lusas deixam a sua marca no Euro 2017.

Anúncios