O dia de Arconada

Arconada Euro 84O primeiro título internacional da seleção francesa ficou marcados pelas mãos do guarda-redes Luís Arconada. O guarda-redes basco, que jogou sempre com a camisola da Real Sociedad, é uma lenda das balizas espanholas, tendo tido uma larga carreira internacional, mas os seus grandes feitos ficaram, para sempre, manchados pela abordagem ao livre, em pleno Parque dos Príncipes, em que deixou a bola escorregar por baixo do seu corpo para dar o primeiro golo a França.

Michel Platini ficou com a glória, Arconada com a vergonha, enquanto os gauleses continuaram a caminhar para o título que não lhes podia mesmo escapar. Bruno Bellone, em cima do minuto noventa, ainda haveria de aumentar a vantagem, num dia de glória para uma geração de jogadores que tinha passado, dois anos antes, por uma autêntica tragédia, no afastamento do Mundial pela Alemanha, em Sevilha. Que esta final fosse conquistada perante a equipa espanhola ainda mais dizia a grande parte dos jogadores.

O dia de Arconada era, afinal, o dia da França campeã da Europa.

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.