Este domingo o Desportivo de Chaves conseguiu a sua segunda vitória fora na Liga NOS, com Perdigão a ser o autor do golo, ao minuto 44. Fazemos a anatomia do golo que nasce de um erro de marcação na defensiva arouquense.

Trata-se de um lance de transição rápida do Desportivo de Chaves, com Fábio Martins a surgir solto na faixa esquerda do ataque e a linha defensiva do Arouca bastante desequilibrada, com as referências, sobretudo, no jogador.

chaves3

Fábio Mártins troca de pé no enfiamento da grande área e o Arouca coloca seis jogadores dentro da sua área, deixando três linhas de passe abertas para os homens de Chaves: dois à entrada da área e uma terceira, ao segundo poste, onde acabará por surgir o golo.

chaves1

Surgem dois jogadores na área de influência de Hugo Basto, a jogar como lateral-esquerdo, e este deixa de acompanhar o jogador que estava mais adiantado para tentar criar uma situação de fora-de jogo. No entanto, a linha defensiva do Arouca continua totalmente desorganizada e Perdigão acaba por aproveitar a má intervenção de Bracalli para marcar o golo.

chaves4

Aquí em vídeo.

Anúncios