Não, não me interessa propriamente qual é o teu clube, a não ser para que me possas contar alguma história de um jogo ou jogador que, nas profundezas da memória, te faça sentir que um evento futebolístico, essa coisa tão aleatória e pouco importante para o andar do mundo, é um pequeno centro de um universo onde te movimentas.

A generalidade das pessoas que gostam de futebol, gostam do jogo e alimentam-se de referências de muitos clubes, muitas equipas, muitos jogadores e campeonatos, que ao longo dos anos foram vendo e acompanhando, fazendo aumentar um álbum de memórias que se transforma, a cada passo, numa complexa teia de imagens e palavras.

Além disso, há quem se preocupe, cada vez mais, com o estudo do jogo. Olhar profundamente o que se passa em campo, entender as decisões que cada jogador toma, perceber a maneira como um treinador pensar cada desafio e como transmite as suas ideias, compreender o que de liderança, relação humana, estudo científico há neste jogo que coloca, num espaço retangular, duas equipas de onze jogadores cada.

É por causa destas coisas que queremos falar de futebol. Porque nos encanta, nos constrói e nos alicia, um fenómeno que em tantos pormenores recria aquilo que é a vida e o desafio de ser humano. Não nos interessa o bastidor, nem a trica, nem descobrir que é melhor ou pior. Queremos falar de futebol. Na simples complexidade desse jogo com bola.


Este mês juntei-me à equipa do LateralEsquerdo.com para moderar um podcast onde se fala de futebol. 

Para acompanhar o podcast pelo twitter: @LatEsq_podcast
Para fazer perguntas e sugestões: #LatEsqPod
Para ouvir o podcast no iTunes: https://itunes.apple.com/pt/podcast/lateralesquerdo.com/id1161330523?l=en
Para ouvir o podcast no Ivoox: http://www.ivoox.com/podcast-lateralesquerdo-com_sq_f1313941_1.html

Anúncios