Depois dos primeiros encontros disputados esta madrugada, a época 2018 da MLS estreia-se no Eurosport com a transmissão de dois encontros na noite deste domingo. As estrelas, os jogadores portugueses e a opinião do especialista Luís Cristóvão merecem destaque nesta emissão.

A estreia da prova faz-se com os seguintes horários, no Eurosport 2, disponível em todas as operadoras de televisão por cabo e também através do Eurosport Player.

Seattle Sounders v Los Angeles FC
Domingo, 4 de março – 22:15 – 00:25

Sporting Kansas City v New York FC
Segunda-feira, 5 de março – 00:45 – 02:00

Este ano cumpre-se a 23.ª edição da MLS, campeonato que reúne 23 equipas dos Estados Unidos e do Canadá, separadas em duas Conferências: Oeste e Este. O ano de 2018 marca a estreia da formação dos Los Angeles FC.

Nos últimos anos, a MLS tem conquistado cada vez mais adeptos, tanto dentro como fora de portas, graças à chegada de estrelas de fama mundial como Kaká, David Villa, Frank Lampard, Steven Gerard, Robbie Keane ou Andrea Pirlo.

Na edição 2018, as grandes estrelas continuarão a ser Sebastián Giovinco, David Villa e Miguel Almirón, que levaram, todos eles, as respetivas equipas a temporadas de alto nível. O italiano garantiu o título e os Toronto FC apresentam condições para repetir tal feito, dado terem mantido grande parte do seu plantel e ainda reforçado o conjunto com jogadores de experiência internacional.

Jogadores portugueses em destaque

A MLS é igualmente um campeonato que recebe cada vez mais portugueses, como são os casos recentes de João Pedro (LA Galaxy), Rafael Ramos (Chicago Fire) e Gerso Fernandes (Sporting KC). Pedro Santos, do Columbus Crew, é figura de proa de uma equipa que tentará novo ataque a uma presença na decisão do título, enquanto João Moutinho, jovem português que foi a primeira escolha do Draft, depois de ter sido formado no Sporting e ter jogado na Universidade de Akron, é aposta do treinador Bob Bradley para os novos Los Angeles FC.

Luís Cristóvão, especialista de futebol do Eurosport: “A nova edição da Major League Soccer tem como grande motivo de interesse a mudança de fundo na Liga, que cada vez aposta mais em jovens jogadores, sobretudo sul-americanos, não deixando de ser impressionante que o plantel dos Atlanta United, por exemplo, reúna tanto talento desejado nos principais países europeus.

Creio que os Toronto FC voltam a partir com alguma vantagem, por manterem os seus principais craques e ainda verem chegar o espanhol Aketxe e o brasileiro Auro, para além do holandês Gregory van der Wiel. É uma equipa ainda mais forte do que a do ano passado e poderá voltar a passear pela fase regular e playoff, apostando, ao mesmo tempo, em carreira na Liga dos Campeões da CONCACAF.

Quanto aos portugueses, enorme expetativa para ver Pedro Santos com maiores responsabilidades na equipa de Columbus, enquanto João Moutinho é figura a seguir por todo o destaque que está a receber na nova equipa de Los Angeles. Todos os cinco portugueses são reconhecidos pelas suas qualidades técnicas e, pelo sucesso que vão obtendo, não espanta que mais portugueses sejam desejados pelas equipas da MLS”.

Não perca as emoções fortes da MLS ao longo de toda a época no Eurosport e no Eurosport Player.

Anúncios