Sporting e Atlético Mineiro resolveram a dívida que estava em aberto da transferência de Elias com a transferência de Marco Túlio, médio-ofensivo de 20 anos, para a equipa de Lisboa. Fazemos o retrato deste promissor jogador.

Representou o Brasil na Taça Sul-Americana de Sub-17 em 2015, prova de onde saiu campeão, sendo um jogador que sempre mereceu destaque nas categorias de formação do Atlético Mineiro. Sendo um médio-ofensivo, é um jogador com boa chegada na área e apetência pelo golo.

É certo que, no passado, o Sporting nem sempre foi capaz de aproveitar estes jovens talentos que encontra no Brasil. Mas Marco Túlio, pelas características que apresenta e pelo seu historial nas seleções jovens brasileiras, poderá ser um talento a ser trabalhado pelo clube de Alvalade.

Em 2018, foi opção do Atlético Mineiro ao longo dos primeiros jogos de competição no Campeonato Mineiro, cinco vezes utilizado como suplente e titular frente ao Tombense, naquela que foi a sua última aparição na equipa, a 11 de março. Entretanto, regressou à equipa de Sub-20, que participou na Copa do Brasil, tendo sido titular nos dois jogos frente ao Vila Nova -GO, marcando dois golos na vitória por 3-1 no encontro da segunda mão, mas vendo a sua equipa eliminada na marcação de penáltis.

Promessa a precisar de evolução

Vinicius Grissi, jornalista no programa Arena 98, da Rádio 98 FM, de Belo Horizonte, e autor do blogue Marcação Cerrada, descreve aquilo que podemos esperar do jovem jogador que chegará ao Sporting.

O Marco Túlio é um meia muito técnico. Foi um dos principais destaques da base do Atlético no ano passado e o jogador que melhor aproveitou a chance no time B. É um meia que pisa muito na área adversária e que nos últimos anos refinou bastante o poder de finalização. Falta ser um pouco mais participativo na construção das jogadas e melhorar a tomada de decisões no último terço para atingir o patamar que se espera. Mas é um meia promissor, com passagens pela seleção de base.

No vídeo, podemos verificar muitas situações de finalização de Marco Túlio. Podendo ser integrado numa das equipas secundárias do Sporting na próxima temporada (seja equipa B ou Sub-23, conforme as decisões tomadas pela administração do clube em relação às possibilidades competitivas oferecidas em Portugal na nova época), a expetativa sobre o jogador pode ser considerada alta.

Rodrigo Coutinho, analista de futebol e autor de várias análises no site Footure FC, sublinha a qualidade da contratação.

É um ótimo investimento. Atua pelos lados do campo, prioritariamente o lado esquerdo. Jogador de boa estatura, capacidade física, qualidade técnica. Muito vertical e agressivo. Protege bem a bola e finaliza bem. Por ser muito jovem ainda é relativamente precipitado em algumas tomadas de decisão e precisa amadurecer isso, assim como evoluir na participação defensiva. Bom no jogo aéreo. Foi um destaque absoluto nas divisões de base do Atlético/MG

A avaliar, dentro dos próximos meses.

Segue o Vinicius Grissi no Twitter.

Segue o Rodrigo Coutinho no Twitter.

Anúncios