Disponível para aprender

Semana 12 – Depois de percebermos, na semana passada, como um momento de crise podia despertar as sensações de parte da equipa para a necessidade de nos sacrificarmos em prol dos objetivos, iniciámos esta semana a demonstrar estarmos disponíveis para aprender. É neste ambiente que se começam a entender os frutos que poderão ser colhidos desta equipa. Quando ultrapassadas diferentes barreiras, questões ou problemáticas, se tem uma imagem mais completa daquilo que cada um dos elementos traz para o conjunto.

A disponibilidade para aprender pressente-se na resposta dada aos desafios. Parece agora claro que os momentos de maior aperto, no jogo, ajudaram a clarificar que as situações trabalhadas oferecem respostas devidas aos problemas. Sabemos agora das vantagens que os princípios defensivos nos trazem, tal como entendemos como a aplicação dos modelos ofensivos nos podem facilitar a vida na marcação de pontos. Pelo meio, vamos descobrindo como o plano oferecido à equipa no início da temporada começa a fazer sentido. Há cada vez menos caos. Há cada vez mais percepção do papel de cada um.

Neste ambiente, também podemos começar a aprofundar situações e soluções. Procurando inserir no nosso modelo novos pormenores técnicos, quer no ataque, quer na defesa. Entendendo diferenciações nas reposições de bola, consoante o espaço do campo onde as fazemos, consoante o tipo de defesa que julgamos ter que enfrentar. Continuar a ver outras equipas, outros jogadores, dá-nos também várias chaves para a aplicação em “modo real” daquilo que fazemos no treino, oferecendo um determinado crédito às ideas com que convivemos diariamente. O nosso treino é, de facto, uma simulação constante do jogo que queremos jogar.

Esta semana não há jogos, mas na cabeça da equipa já estão os adversários que chegarão nas próximas semanas. Defrontar as melhores equipas é outro dos desafios, sobretudo mental, que teremos que ultrapassar. Vamos juntando ferramentas para aplicar nessas situações e, quem sabe, em alguns momentos do jogo, encontraremos janelas para a ideia de que podemos chegar lá, ser como elas. Depois de encontrar essa primeira janela, será uma questão de construir janelas cada vez mais largas. Sempre a aprender.

Terça-feira há treino.

Publicado por Luís Cristóvão

Comentador na Antena 1, Eleven Sports e SIC Notícias. Autor no Expresso. Analista de futebol, fala e escreve sobre desporto em vários meios de comunicação social.

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: