Lafferty Irlanda do NorteChegas a um Europeu e, durante noventa minutos, o único remate que fazes à baliza é um pontapé de bicicleta de fora da área. E sai ao lado. Será muito difícil encontrar uma exibição mais vazia nesta competição, num jogo que terá sido mesmo o mais fraco de todos aqueles que já realizaram. A Polónia confirmou algumas boas ideias, dominou o encontro de uma forma totalitária, mas também não conseguiu ter criatividade para abrir brechas no recuo defensivo norte-irlandês.

Em resumo, para quem quiser acusar a UEFA de ter descaracterizado o Euro aumentando o número de equipas, este é o jogo a utilizar como prova número 1. Mas também devo dizer que já vi jogos assim em Europeus e Mundiais. A probabilidade da pior equipa regressar, passados quatro anos, é que era muito menor.

Mas já aí vem a Alemanha.

Anúncios