A última grande prova da União Soviética

1988 pode ter ficado tingido a laranja, na nossa memória, mas é também o ano da última grande prestação da União Soviética numa prova internacional. Orientada por Valery Lobanovsky, que repartia a responsabilidade entre um Dínamo de Kiev que encantava a Europa e a seleção do seu país, os vermelhos terão sido injustamente deixados de … Continue reading A última grande prova da União Soviética

Marcar quando é preciso

O dia 20 de junho bem poderia ser marcado no calendário como o dia do golo português. Porque se existem muitos golos e muitas datas que já deram aos adeptos da seleção nacional razões para serem felizes, foi neste dia, com vinte anos de diferença, que Nené e Nuno Gomes marcaram golos quando eles eram, … Continue reading Marcar quando é preciso

Quando junho foi Platini

Junho de 1984 confundiu-se com Michel Platini. No Europeu disputado em França, o mago francês não só garantiu o título para a sua seleção, como reservou um lugar na história, ao sagrar-se o melhor marcador de todos os Europeus. Em cinco encontros, Platini teve o condão de marcar nove golos, tendo-o feito em cada uma … Continue reading Quando junho foi Platini

Demasiada Alemanha

1972 foi o ano do primeiro título alemão num Europeu de futebol, iniciando-se um ciclo ganhador que ia dar à Mannschaft também a coroa mundial, dois anos depois. 18 de junho desse ano foi data de final, disputada no Heysel  Park de Bruxelas. Depois de terem afastado a Bélgica, a equipa orientada por Helmut Schon … Continue reading Demasiada Alemanha

Amancio, o salvador

A Espanha conquistou o seu primeiro título internacional em 1964, num Euro disputado em casa, e se Luis Suárez ficou para a história como o homem que encantou todos aqueles que seguiram as partidas, há um outro nome que tem que ter, obrigatoriamente, lugar na história. Amancio Amaro, um galego conhecido como El Brujo, à … Continue reading Amancio, o salvador

Um homem: Matthias Sammer

16 de junho de 1996, sentado no sofá da sala, estarrecido. Se o futebol era já uma paixão, ao tempo, nesse dia começou a transformar-se em ciência. O agente dessa mudança, Matthias Sammer, o antigo internacional da RDA, descoberto em tempos na revista Kicker ainda vestido com o amarelo do Dynamo Dresden. Mas havia uma longa … Continue reading Um homem: Matthias Sammer

O Van Basten que acordou a Holanda

1988 será sempre o ano da Holanda campeã europeia, o momento da justiça poética a todo um futebol que encantava o mundo há mais de dez anos, sempre chocando contra as evidências do resultado. Mas também o Euro 88 começou mal para os holandeses, que derrotados na primeira jornada pela União Soviética, encontravam em partida … Continue reading O Van Basten que acordou a Holanda

O bombardeiro Muller

Na história do futebol, a atração pelo golo conduziu-nos sempre à busca do homem que é decisivo no momento de rematar à baliza. Gerd Muller, o bombadeiro, viverá na memória de todos aqueles que o viram jogar. Avançado do Bayern de Munique nas décadas de 60 e 70, Muller foi peça essencial em três vitórias … Continue reading O bombardeiro Muller

Dia de São Silvestre Varela

Na ressaca dos Santos Populares, Portugal parou na tarde de 13 de junho de 2012 para assistir ao Dinamarca - Portugal. O contexto tinha-nos colocado em posição de vitória obrigatória, depois de termos cedido perante a Alemanha na primeira jornada, com os dinamarqueses a surpreenderem a seleção da Holanda. A equipa de Paulo Bento surgiu … Continue reading Dia de São Silvestre Varela

A reviravolta épica

12 de junho de 2000, estreia de Portugal no Euro 2000 no Philips Stadium de Eindhoven. Para os jogadores, os primeiros minutos foram de ansiedade. Há já alguns anos que se esperava tudo desta geração, mas o falhanço no apuramento para o Mundial 98 pesava sobre os ombros dos craques. Para piorar as coisas, Paul … Continue reading A reviravolta épica